Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As Bodas de Caná

por Teresa Power, em 13.06.14

No sábado passado, encerrámos as actividades da catequese deste ano lectivo. Mas não foi um encerramento qualquer: foi uma festa de casamento! É verdade: anunciámos previamente este belo casamento e pedimos a todos, pais e filhos, que trouxessem arroz e pétalas para deitar aos noivos, bem como um lanche para partilhar no fim - parece que os noivos não quiseram gastar dinheiro no Copo de Água!

Segundo ouvi dizer, houve muita gente intrigada com esta história do casamento, e foram feitas muitas suposições. Ainda bem! Quando chegou a tarde de sábado, as crianças e os pais aglomeraram-se no exterior do Santuário, à espera da saída dos noivos. E então...

 

 

Que belos noivos! Estamos em Caná, há 2000 anos atrás. E quem está entre os convidados?

Maria e Jesus, de Nazaré, amigos de infância dos noivos! Que grande alegria reina entre todos! Muito divertidos, dirigimo-nos ao refeitório, onde se comemorarão as famosas Bodas:

 

 

Finalmente, no refeitório, começamos a festa. Há "vinho" para todos!

Ou não? Parece que há ali uns meninos a pedir mais, e parece que já se acabou... Será possível? Maria está atenta. E vai ter com Jesus:

- Filho, eles não têm vinho.

- Que temos nós com isso, Mãe? Ainda não chegou a minha hora!

 

Maria nem respondeu. Foi ter com os serventes - crismandos trabalhadores contractados à última hora... - e disse-lhes:

- Está entre nós um grande profeta. Chama-se Jesus. Façam tudo, tudo o que Ele vos disser!

Depois, Maria olhou para Jesus, e Jesus aproximou-Se dos serventes. Já sabem o que aconteceu então...

As "talhas" encheram-se de água, e - milagre! - a água transformou-se em "vinho"!

 

Levaram o vinho ao chefe da mesa, que com voz forte e muitos gestos exagerados (ou não fosse ele o Niall!) exclamou:

- Todos servem primeiro o vinho bom, e só depois de terem bebido bem, o mais fraco. Mas tu guardaste o vinho bom até agora!!!

No meio de uma enorme animação, partimos então o bolo da noiva, e festejámos a valer!

 

Antes de abrirmos os nossos lanches, escutámos algumas palavras do senhor padre: "Os noivos de Caná tiveram uma ideia maravilhosa: convidar para a sua festa Jesus e Maria! Convidemos nós também, para a festa das nossas vidas, Jesus e Maria, e veremos os milagres acontecer!"

 

As Bodas de Caná (Jo 2, 1-12) são a grande celebração da presença de Deus na família. Em breve teremos novo retiro para Famílias de Caná, desta vez em Proença-a-Nova. Será uma óptima oportunidade para convidarmos Jesus e Maria a fazer a festa em nossa casa! Quem alinha?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:50




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D