Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Herdeiros da Bênção

por Teresa Power, em 20.10.14

São oito horas e dez minutos da manhã. Já vamos atrasados para o colégio! A fila de carros será interminável, se não nos despacharmos.

- Não se esqueçam do cartão da Arca do Tesouro! - Grito, já sentada ao volante. O David volta para trás e regressa com um cartão na mão. Ele quase nunca se esquece!

Como já contei, todas as manhãs, no carro, durante a nossa oração, lemos uma pequena passagem da Bíblia, que retiramos ao acaso da nossa Arca do Tesouro, bem recheada de cartõezinhos bíblicos. Há-os à venda em livrarias católicas, e também são muito fáceis de fazer à mão!

IMG_6536.JPG

- Queres ler o teu, David? - Peço, já perto do colégio. E o David lê:

 

"Abençoai, pois fostes chamados para serdes herdeiros da bênção." (1Pe 3, 9)

 

- Que boa ideia esta Palavra nos dá! É preciso abençoar o dia inteiro...

- E o que é abençoar?

- É desejar o bem, e pedir para essa pessoa a paz, o amor, a alegria, a graça de Deus.

- E fazemos isso como?

- No nosso coração. Quando nos encontramos com alguém, podemos rezar baixinho: "Senhor, abençoa este meu amigo, e dá-lhe tudo de bom!" Claro, devemos pedir a bênção para todos, amigos e inimigos...

 

Ficamos um bocadinho em silêncio, pensando na Palavra. Depois rezamos um Pai-Nosso, uma Avé-Maria, um Glória. Mais tarde, recordo novamente a Palavra. Deixo passar tantas oportunidades de bênção ao longo do dia... Que posso fazer para não me distrair? Talvez possa tornar a minha oração mais concreta. A partir de hoje, vou pedir a bênção sobre o irmão em ocasiões muito específicas:

Sempre que, ao longo do dia, me ofendem ou magoam...

Sempre que um vizinho me vem oferecer um cesto de fruta, um saco de roupa...

Sempre que um amigo dá boleia à Clarinha para a ginástica ou a qualquer um dos meus filhos para casa...

Sempre que um amigo distante telefona...

Sempre que entro na sala de aula (especialmente em algumas!)

Sempre que, no noticiário, fico a saber do sofrimento de alguém...

Sempre que, no blogue, alguém comenta...

Sempre que, no mail, alguém me pede oração ou partilha a sua vida comigo...

 Sempre que repito o gesto diário de ligar a máquina da roupa (esta vocês não entendem, mas paciência, não posso explicar tudo!)...

IMG_6571.JPG

A bênção de Deus nunca é vã. Como herdeiros da bênção, não deixemos de a oferecer a todos, bons e maus, justos e injustos!

Que o Senhor vos abençoe hoje e sempre! Ámen.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:45


27 comentários

De Anónimo a 20.10.2014 às 10:36

É um comentário totalmente interesseiro. Disse que iria pedir a bênção para quem comentasse no blogue. Por isso, estou a comentar. Bem preciso que Deus me abençoe.

De Teresa Power a 20.10.2014 às 11:01

Assim seja então! Prometido é devido

De Olívia a 20.10.2014 às 10:57

Não me digas que os teus gatos dormem dentro da máquina quando tem roupa à espera de ser lavada...


Que Deus te abençoe e a toda a tua família no Seu amor e na Sua graça!
bj Olívia

De Teresa Power a 20.10.2014 às 11:00

Um dia destes vou mostrar algumas fotos de alguns dos muitos locais onde os meus gatos dormem :) Bjs

De Alexandrina Andrade a 20.10.2014 às 12:01

Como eu gostava que a oração fizesse "falta" à minha vida, como de respirar, de comer! Rezo todos os dias, às vezes com o pensamento no que terei de fazer no dia seguinte ou nesse mesmo dia. Nem sei se poderei chamar isso oração. Gostaria de sentir essa serenidade, essa calma e sobretudo o altruísmo de abençoar todos os que se certa forma se cruzam comigo.
Há anos atrás, antes de dormir, eu com o meu marido rezávamos com as nossas filhas, apenas dois minutos no máximo cinco. Depois com a entrada da mais velha no 2º ciclo, devido à tonelada de trabalhos de casa, abandonámos esse hábito. Ontem, por acaso, perguntei-lhes se elas não rezam. Resposta imediata: "Rezar, já não chega a missa ao domingo, era só o que faltava!".
E eu e o meu marido somos catequistas e ministros de comunhão! Como posso "evangelizar" os meus adolescentes (7º e 8º ano) se nem às minhas filhas o consigo fazer!
Que bom ter descoberto este blog, que bom ler estes testemunhos.
Obrigada.
Alexandrina

De Teresa Power a 20.10.2014 às 12:09

Alexandrina, recomece hoje mesmo a rezar com as suas filhas! É muito simples, vai ver! Deixo uma sugestão, se não levar a mal: depois de jantar, ainda todos juntos sentados à mesa, rezem um Pai-Nosso e, à vez, cada um diga:"Obrigado, Senhor, porque hoje..." É giro ver que acontecimento cada um quer agradecer! Basta um. Quando todos disseram um "obrigado", rezem uma Ave-Maria por aqueles que não tiveram um dia assim tão feliz, em alguma parte do mundo. E já está!
Com calma, mais tarde, vá lendo no blog a tag Oração, e encontrará mais ideias para alimentar esta oração! Vale a pena "pôr mãos à obra" e começar... imediatamente
Que o Senhor vos abençoe a todos! Ab Teresa

De Alexandrina Andrade a 20.10.2014 às 12:29

Obrigada pela sus sugestão. Vou tentar pô-la hoje mesmo em prática!

De Olívia a 20.10.2014 às 12:35

Não custa tentar! Caso veja que elas acham uma seca, não desistam! Vão vocês rezando, elas vão ver que não é nada demais e certamente vão aderir... muitas vezes temos de ser persistentes!
bj grande
Olívia

De Isabel Silva a 20.10.2014 às 13:19

Que Deus abençoe a família Power.
Sem a vossa força não existiriam famílias de Canã, aldeias de Canã, a vossa dedicação e trabalho é de louvar.
Bjs

De Teresa Power a 20.10.2014 às 13:54

Assim é que é! Nós abençoamos e somos abençoados de volta! Bjs à vossa linda família de caná!

De Sara a 20.10.2014 às 21:56

Lindo texto Teresa! Adorei! Vou tentar também fazer como diz à hora de jantar.

De Teresa Power a 20.10.2014 às 21:58

Queremos saber como correu
Que Deus vos abençoe!

De Sara a 25.10.2014 às 08:22

Muito difícil para a pequenita entender a parte de abençoar os inimigos: "Tu não estás boa mãe?!" Os nossos inimigos????!!!!
Fiquei estupefacta e triste ao mesmo tempo com a reação pois acho que ninguém com nove anos tem inimigos...nem com 40... não devemos ter razões para termos inimigos se tratarmos todos como "Jesus nos disser": desejando-lhes o melhor e tratando os outros como gostaríamos de ser tratados. Mas esta minha facilidade para "esquecer" quando alguém se porta menos bem connosco e passar adiante porque a vida anda, certamente não é sentida da mesma maneira pela minha filha.

De Teresa Power a 25.10.2014 às 08:44

Quando começamos a rezar em família, a partilhar a Palavra e a conversar sobre estas coisas, apercebemo-nos de muito mesmo! Eles abrem o coração e, diante de Deus, revelam-nos muito do seu interior. A partir daí, é trabalhar em família para crescermos como cristãos! Esta partilha de oração em família é a base do crescimento na fé, e é uma graça imensa. Não vale a pena ficar triste: o caminho é para a frente!

De Joana Rocha a 20.10.2014 às 14:45

Que ideia maravilhosa! Deus abençoe os Power sempre! E todos os leitores deste blogue.

Beijo grande
Joana

De Marisa Milhano a 20.10.2014 às 16:50

Minha querida Família Power, rezo diária e intensamente pela vossa (continua) bênção, assim como da Família Almeida, da Família da Olívia, da Família da Carmina e do Edu, de todas as Famílias de Caná que tive o maior prazer de conhecer no retiro em Almada. Rezo também pela bênção das outras Famílias de Caná, espalhadas pelo país, que ainda não conheço. Rezo pelas novas pessoas que conhecem este movimento. Rezo para a bênção do papa e de todos os padres. Pelas famílias católicas. Pelas famílias não católicas. Pelos que sofrem, pelos que são felizes. Pelos os que merecem esta bênção, mas principalmente por aqueles que não a merecem, mas que é para eles na mesma.
Amén.

De ana santos a 20.10.2014 às 19:04

Obrigada pela benção e que Deus vos abençoe também, e já agora que Maria vos abençoe também, hoje e sempre. Ámen.

De Helena Fernandes a 20.10.2014 às 21:35

Ouvi falar deste blog/família pelo Pe. José Fernandes numa reunião que tivemos.... fiquei curiosa e hoje vim espreitar! Uma verdadeira inspiração!!! Obrigada pelo testemunho!
E Parabéns pela Família linda que têm!
Abraço

De Teresa Power a 20.10.2014 às 21:54

Bem-vinda, Helena! A nossa inspiração vem também das vossas partilhas! E já agora - que Deus a abençoe! Ab Teresa

De Nathalie Ribeiro a 20.10.2014 às 23:47

Também eu quero que peças por mim Teresa!
Queria muitíssimo ter um momento dedicado à oração durante o meu dia! Já tentei tantas vezes mas sempre atrapalho-me, esqueço-me, ou vou deixando para depois e depois... E quando me apercebo ja estou a dormir!
Converso bastante com Deus e com Nossa Senhora, e também algumas vezes tenho rezado como você "Nós, Jesus, vamos..." mas sinto imensa falta de um momento diário dedicado exclusivamente à oração e ao estudo da palavra, e como divido apartamento com outros estudantes não muito habituados a rezar, não há ninguém com quem compartilhar esse tempo... : (

Enfim, perdão por ter "falado" tanto e muito obrigada por partilhar tuas experiências, elas são inspiradoras para mim!

Um grande abraço!

De Teresa Power a 21.10.2014 às 08:41

Vou rezar, sim. Como disse no post de hoje, o verdadeiro atleta não desiste! Vai dando notícias dos "treinos"! Bjs do outro lado do Atlântico!

De Margarida a 21.10.2014 às 00:12

Este post veio mesmo a calhar hoje. .. porque apesar de ser muito difícil sentir-me zangada / magoada com alguém por mais do que 15 min, experimentei entre ontem e hoje da parte de uma pessoa de quem precisava de ajuda e compreensão (por sinal, o meu chefe) uma total insensibilidade, mesquinhez, cobardia - e muitos outros adjectivos poderia aqui acrescentar. Como cristã, sei que o grande desafio é "amar os nossos inimigos", mas, sinceramente - talvez porque me encontre doente e fragilizada - não consigo abençoar essa pessoa hoje. Mesmo sabendo que por trás dessas atitudes está uma fraqueza de espírito muito grande. Talvez amanhã já o consiga fazer. ..

De Teresa Power a 21.10.2014 às 08:43

A Deus, agrada tanto o nosso esforço como o resultado... E a cada dia recomeçamos! Ab

Comentar post


Pág. 1/2




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D