Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Instantes de eternidade

por Teresa Power, em 11.05.15

 - Meninos, preparem-se, amanhã vamos à praia!

- Viva!

- Urra!

- Uau!

- Vamos!

- E se chover?

- Se chover vamos na mesma! Estamos sempre a adiar o primeiro dia de praia, ou porque está frio, ou porque está chuva, ou porque não temos tempo. Amanhã não há nada que nos impeça de ir à praia. Portanto, podem sonhar com o mar esta noite!

O sábado amanheceu nublado e fresco, mas a decisão estava tomada. Levámos os cães connosco, calculando que a praia estaria suficientemente deserta para lhes permitir brincar sem incomodar ninguém, e durante a meia hora de viagem que nos separa do mar rezámos o terço, como costume. Ainda não eram nove e meia da manhã e já todos saltávamos na areia, felizes e animadíssimos.

DSC02182.JPG

DSC02177.JPG

 Premiando a nossa confiança e ousadia, o sol decidiu espreitar, e num instante aqueceu a praia. Tanto, tanto, que os meninos passaram a manhã assim:

DSC02187.JPG

DSC02193.JPG

DSC02201.JPG

DSC02204.JPG

DSC02206.JPG

DSC02209.JPG

DSC02219.JPG

DSC02220.JPG

DSC02225.JPG

DSC02227.JPG

 E para os nossos leitores mais novos irem treinando aí em casa (ou não!), dois vídeos, de oito e de cinco segundos:

Não chegaram a três horas de praia, mas foi tempo suficiente para encher de canções, gritos de excitação, palmas, saltinhos nas ondas, gargalhadas, corridas e abraços. A alegria, a serenidade e a sensação de perfeição prolongaram-se ao longo de todo o dia, e à noite, durante a oração familiar, todos agradeceram esta prenda que o Senhor nos ofereceu.

 

Quando olho as ondas do mar recortadas no céu azul e polvilhadas de gaivotas, penso sempre na eternidade. Eu sei que a eternidade me devolverá todo o tempo de felicidade que experimentei aqui na Terra, todas as gargalhadas e as brincadeiras partilhadas com o Niall e os meus filhos; e sei que me devolverá todas as gargalhadas e as brincadeiras que não tive tempo de partilhar com o Tomás... Em Deus, no seu amor infinito e perfeito, tudo se torna também infinito e perfeito. Cada instante de pura alegria que nos é concedido ou impedido experimentar nesta vida será multiplicado e tornado a multiplicar na eternidade... Confuso? Escreveu S. Paulo:

 

"Nem olho viu, nem ouvido ouviu, nem o coração do homem pressentiu o que Deus preparou para aqueles que O amam..."

(1Cor 3, 9)

 

Se na Terra podemos experimentar tamanha felicidade, como será no Céu, Senhor?...

DSC02200.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:20


2 comentários

De Sandra a 12.05.2015 às 10:31

Olá Teresa!! Que bom poder usufruir de momentos assim!! Também eu ando a adiar uma visita à praia por todos os motivos e mais alguns... Gosto da Praia da Barra, é a "minha" praia de infância e é sempre tão bom voltar lá!! Mas com o tempo como tem andado, tão esquisito, e, ainda por cima, só de pensar na hora de viagem que tenho de fazer, com uma criança que enjôa e vomita ou então que está com mais uma crise de asma, logo no fim de semana que o tempo está bom... Acabo por desanimar... Pode ser que agora as coisas acalmem e eu ganhe coragem para ignorar tudo!! :)

De Teresa Power a 12.05.2015 às 21:41

Olá Sandra! É isso mesmo: ignorar tudo e avançar! Para nós, é a única forma de fazermos o que realmente queremos, seja encontrar tempo para ir à praia, seja encontrar tempo para rezar... Porque se olharmos aos obstáculos, não fazemos nada do que realmente importa para nós! Bjs e até um dia destes, à beira-mar :)

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D