Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O som do mar

por Teresa Power, em 25.06.14

Cá em casa, somos grandes fãs da praia em junho e primeira quinzena de julho, quando o areal está suficientemente desimpedido e podemos brincar à vontade. Assim, nos dias em que não tenho exames para vigiar ou reuniões na escola, costumo meter os seis no carro e lá vamos nós, felizes, passar a manhã à beira-mar. Infelizmente, a chuva tem estragado os nossos belos planos! Ontem passámos o dia inteiro em casa, o que causou uma certa impaciência nos mais novos.

- Quero ir ao mar! - Gritava o António, mal disposto.

- Também eu, António, mas está a chover!

- Vamos amanhã? - Perguntava a Lúcia.

- Amanhã não, porque tenho de ir à escola. Vamos depois de amanhã.

- Isso é muito tempo!

Lembrei-me então de uma pequena brincadeira:

- Meninos, vão buscar os búzios que estão no armário da entrada. Aqueles grandes que apanhámos na Irlanda quando a Lúcia era bebé!

Trouxeram-mos a correr. Expliquei-lhes que, se colocassem os búzios ao ouvido, poderiam escutar o marulhar das ondas e o som da brisa com cheiro a maresia... Em silêncio, eles puseram-se à escuta:

 

Às vezes ponho-me a imaginar o que teria experimentado Abraão quando, pela primeira vez, escutou a voz do Deus Único. Talvez a voz de Deus tenha soado um pouco como o som do mar num búzio... Misteriosa, e contudo tão simples, distante, e contudo tão perto! Abraão precisou de silenciar muitas vozes à sua volta, para se poder concentrar nesta voz nova que queria transformar toda a sua vida. Não deve ter sido nada fácil!

E assim terá acontecido também a Moisés, Samuel, David, Isaías, Maria de Nazaré, José de Nazaré. O mar que se esconde num búzio, o Deus do universo que se esconde no mais profundo do coração humano...

 

Naquela noite, Samuel escutou uma voz que chamava: "Samuel! Samuel!" Levantando-se de um salto, Samuel correu ao quarto de Eli, pensando ter sido ele a chamar. Mas estava enganado! Por quatro vezes a voz repetiu: "Samuel! Samuel!" À quarta vez, Samuel percebeu Quem o chamava. E respondeu prontamente: "Fala, Senhor, que o teu servo escuta" (1Sm 3, 10),

 

Há momentos na vida em que precisamos de desligar todas as vozes do mundo: desligar as vozes da televisão, especialmente daqueles programas sem conteúdo ou com conteúdo contrário aos valores cristãos; desligar as vozes dos homens, especialmente quando são maledicentes; desligar as vozes interiores dos nossos medos e revoltas, fundamentalismos e lamúrias. Estaremos então em condições de escutar a voz de Deus! Ela far-se-á ouvir devagar e muito baixinho, como o som do mar num búzio qualquer...

Façamo-lo diariamente, num tempo pessoal e familiar de oração. E façamo-lo também durante um dia inteiro de retiro. Porque não experimentam? Inscrevam-se no Retiro Famílias de Caná em Proença-a-Nova! Estaremos lá à vossa espera. Mas acima de tudo, Jesus estará lá à vossa espera. Se puderem vir com a familia toda, óptimo. Mas não deixem de vir porque o pai não alinha, ou porque estão divorciados, ou porque ainda não têm filhos, ou porque ainda não estão casados!

 

Talvez o Senhor já tenha chamado algumas vezes... Samuel respondeu à quarta vez. E nós?

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:59




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D