Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Todos os nossos santos

por Teresa Power, em 02.11.14

Ontem, na nossa casa, a festa de Todos os Santos foi de arromba! Pelo menos, nós achámos que sim. E quando os meninos se foram deitar, todos lamentaram o dia ter chegado tão depressa ao fim...

- Ainda falta um ano inteiro para fazermos outra festa de Todos os Santos? - Perguntou o David, com um suspiro. E adormeceu de seguida, tão cansado estava!

 

Na verdade, ainda o Niall e eu estávamos deitados, pelas seis da manhã, e já o David e o António procuravam no baú dos disfarces roupa adequada aos seus santos padroeiros. O resultado foi este belo Rei David, acompanhado deste igualmente belo Santo António. Que dizem? Se não fossem as birras que acompanharam vários momentos do dia, até teríamos confundido o António com o seu padroeiro

IMG_6610.JPG

A Lúcia vestiu-se de pastorinha Lúcia, e a Sara procurou imitar a mulher do pai Abraão. Vejam só:

IMG_6602.JPG

A Clarinha também se esmerou no seu disfarce como Santa Clara, e o resultado foi este:

IMG_6612.JPG

- Achas que Santa Clara gostava de estudar Matemática? - Perguntou ela com uma piscadela de olho, enquanto se fechava no quarto para fazer os trabalhos de casa.

 

Entretanto, na sala, os mais novos foram recontando as histórias dos seus padroeiros. O David nunca se esquece de como o pastorinho David venceu o gigante Golias, e o António adora o episódio em que Santo António, cansado de pregar a um povo desinteressado, decidiu pregar aos peixes, que vieram à superfície da água para o escutar. Deve ter sido o máximo! Achei tanta graça à sua versão da história, que lhe pedi para a repetir, enquanto filmava. Ora vejam e escutem então com atenção:

Pelas cinco da tarde, fizemos a nossa oração festiva, com cânticos e danças, seguidos de um terço muito participado. E estivemos vestidos a rigor! Não acreditam? Até o Francisco colocou uma capa com ares de S. Francisco, e se sentou na cadeira para tocar guitarra com um "irmão lobo" aos pés! Deixo-vos aqui o vídeo do cântico com que iniciámos a oração familiar:

Se nos quiserem acompanhar, cantando este cântico que compus há alguns anos e que serve de lema às Famílias de Caná, aqui fica a letra:

 

SERVIREMOS O SENHOR

Mim                   Lám   Si7                      Mim
Eu e a minha família serviremos o Senhor (2x) (Jos 24, 15)

Mim                                         Si7
1 – Escuta Israel, o Senhor é Deus
Sol                            Lám
Ele é só um, e a Ele amarás
Si7                             Mim
Com toda a alma e coração
Si7                                   Mim
Com toda a força O servirás! (Deut 6, 4-5)

2 – Esta Palavra que o Senhor te dá
Hás-de escrevê-la no portão
Da tua cidade e do teu lar
E hás-de guardá-la no coração! (Deut 6, 6.9)

3 – Sentado em casa ou a caminhar
Esta Palavra, tu repetirás
E a teus filhos e a teus netos
Em cada dia a ensinarás (Deut 6, 7)

4 – Então o Senhor te abençoará
E os Seus tesouros te abrirá
E a uma terra onde corre
Leite e mel te levará (Deut 28, 1-14)

5 – Bendito o teu campo, bendito o teu lar
Bendita a tua cesta, bendito o teu pão
Bendito o fruto do teu ventre
Bendito o trabalho das tuas mãos! (Deut 28, 1-14)

6 – “Não te afastes, Israel
Desta Palavra que Eu te dou
Escuta Israel o Teu Senhor
E santo serás como Eu santo sou!” (Lev 19, 2)

 

Depois, à boa maneira irlandesa, jantámos pelas seis da tarde - com direito a sobremesa festiva -, para podermos ir juntos à missa, às sete horas. Durante a homilia, os mais pequeninos saíram da igreja com o pai e brincaram animadamente à luz das estrelas. Segundo me contaram com grande alvoroço, viram estrelas cadentes e aviões a cruzar os céus! A festa no céu também deve ter sido de arromba...

 

Num mundo cheio da fealdade e da escuridão, onde as pessoas se escondem por detrás de máscaras para fazerem toda a espécie de mal, não precisamos de Dia das Bruxas... Possam as nossas crianças ser fermento de alegria e de luminosidade, brincando aos santos - e trabalhando para se assemelharem a eles! E possam as nossas gargalhadas em família unir-se ao coro celeste nos louvores do Senhor! Ámen.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:01


10 comentários

De Marisa Milhano a 02.11.2014 às 09:20

Que belíssimo dia! :)
Estavam todos tão parecidos com os seus santos padroeiros! Que imaginação!
Não tenho dúvida que o Senhor apreciou muitíssimo as vossas iniciativas, e que se alegrou imenso com o vosso exemplo!
Bom fim-de-semana

De Nathalie Ribeiro a 02.11.2014 às 14:29

Todos tão lindos! São mesmo uns artistas!
Quando cheguei ao final do post pecebi que estava aqui, a sorrir sozinha!
Hahaha...

Um grande abraço, que atravessa o oceano, a todos!!!

De Teresa Power a 02.11.2014 às 14:46

Um abraço para esse lado do mundo, Nathalie!!! Que haja muitos santos também por aí :)

De Isabel silva a 02.11.2014 às 18:12

Obrigado pela partilha, é simplesmente delicioso!
Teresa desculpe lá, mas tem de nos contar o segredo para que o seu dia tenha assim tantas horas! Não podem ser as mesmas 24h que o meu dia....
Bjs

De Teresa Power a 02.11.2014 às 18:24

Bem, às vezes tem horas a mais :)))
Vamos ver se a "moda" pega, e se para o ano temos uma montanha de "santinhos" a alegrar as nossas ruas e escolas

De Rute Almeida a 05.11.2014 às 14:25

Que lindos que estão todos, Teresa! Obrigada pela partilha, a Clarinha e o Gabriel adoraram os videos e as fotos...A Clarinha dizia: " Mamã, só mais uma vez! Deixa-me ver o video mais uma vez, por favor, mamã!" :-) bj Rute

De Teresa Power a 05.11.2014 às 14:31

O Gabriel e a Sofia também estavam lindos, Rute! As nossas duas famílias juntas já fazem uma bela equipa de "santos"!!! Bj

De inês Cruz Monteiro a 02.12.2014 às 22:07

Olá Teresa,

Sou leitora assídua do seu blog e tenho a dar-lhe os parabéns pelas crianças, imagino que os seus dias devem ser uma confusão louca com seis meninos, cada um com necessidades diferentes!
Mas, escrevo-lhe para lhe perguntar se os seus filhos , sendo tão pequenos não têm crises de fé, não se revoltam. Efetivamente , não há muitas famílias que vivam a fé de uma forma tão profunda. Não faltam famílias que criaram os filhos num ambiente de fé e eles seguiram outro caminho. Os seus parecem super fiéis!
Beijinhos

De Teresa Power a 02.12.2014 às 22:28

Olá Inês! Obrigada pela partilha! Bem, eu não sei prever o futuro, por isso posso apenas falar do presente: até hoje, nenhum dos nossos filhos, em nenhum momento, se mostrou indisponível para rezar, para se confessar, para ir à missa, para servir os outros. Às vezes noto neles a luta interior natural - estão a brincar, ou os mais velhos a estudar ou a conversar no computador com algum amigo, e têm de interromper para rezar - mas nunca houve sequer uma palavra de recusa. No máximo, um suspiro compreensível! O futuro, esse não o conheço. Mas sei que Maria, a nossa Mãe, a quem todos estamos consagrados, cuida de cada um dos meus filhos com muito amor! Bjs

De Anónimo a 02.11.2016 às 09:13

Maravilhoso!!!

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D