Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O bater do Coração

por Teresa Power, em 16.06.14

O David nasceu três meses depois da morte do Tomás. Nasceu com baixo peso, zangado com o mundo e um bocadinho triste, pois acompanhara a doença do irmão desde as doze semanas de vida, dentro de mim... Instintivamente, percebi que só havia uma maneira de o ajudar a recuperar do seu pequeno trauma, e de me ajudar a mim também: trazê-lo o dia inteiro encostado ao meu peito. Encomendei online um "pano" típico da América Latina, aprendi a usá-lo e "enfiei" o David dentro dele. E assim passávamos o dia!

 

Com o David no pano, eu  cozinhava, aspirava, dava banhos, rezava, escrevia no computador, passeava à beira-mar...

 

Descobri que não havia melhor remédio para acalmar um choro, para recuperar o peso, para devolver a alegria. No pano, o David foi crescendo...

 

A nossa experiência com o pano foi tão deliciosa, e deu tantos frutos, que decidi repetir com todos os manos mais novos do David. A Lúcia escutou muitas histórias no pano...

 

A última bebé com sorte foi a Sara:

Escrevi alguns capítulos de Os Mistérios da Fé com ela assim!

Reparem na foto que eu tirei um dia, ao chegar a casa com os mais velhos, depois de ter deixado o Niall sozinho com a Lúcia recém-nascida e o David com dois anos:

Ele explicou-me que, perante o choro insistente da Lúcia, decidiu experimentar a minha técnica... E resultou! Depois começou o David a chorar com sono e...

 

Há um ditado africano que diz assim: "As costas da mãe são o remédio do bebé." No meu caso, não terão sido as costas, mas o peito. Escutando o bater do meu coração, os meus bebés acalmavam de imediato. E eu ficava tão reconfortada! Se há coisas de que já tenho saudades, é de trazer um bebé no pano. Recordei-me desta sensação única no outro dia - e por isso escrevo sobre ela agora - ao emprestar o pano a uma amiga, para que também a sua bebé pudesse usufruir deste colo tão especial.

 

Mas eu não estou a escrever este post apenas para partilhar alguns dos momentos mais intensos da minha experiência materna. Estou a falar do Coração de Jesus! Imaginem todas as consequências práticas da nossa vida se decidíssemos caminhar por ela assim, bem encostados contra o peito do Senhor!

Um dos salmos mais belos que os judeus cantavam nas subidas, a caminho de Jerusalém, é o salmo 130/131. Diz assim:

 

 "Senhor, o meu coração não é orgulhoso
e os meus olhos não são arrogantes.
Não me envolvo com coisas grandiosas
nem maravilhosas demais para mim.

De fato, acalmei e tranquilizei a minha alma.
Sou como uma criança
recém-amamentada por sua mãe;
a minha alma é como essa criança.

Põe a tua esperança no Senhor, ó Israel,
desde agora e para sempre!"

 

Pois é... Deixarmo-nos pegar ao colo por Deus, deixarmos que Ele nos aperte contra o seu Coração (quantas vezes fugimos deste abraço?)...

Querermos tudo o que Ele quiser, ir aonde Ele nos levar... Não correr atrás de grandezas (ou de dinheiro, ou de fama, ou de sucesso!)...

Secar as nossas lágrimas no "pano" do seu amor, dispormo-nos a escutar o bater do seu Coração, de ouvidos bem atentos...

A isto, eu chamo Paz!

 

E já agora... Enviem fotos dos vossos Sagrados Corações!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:06


10 comentários

De gralha a 16.06.2014 às 10:41

Realmente, tantas vezes que andamos angustiados e em correrias e tudo o que precisamos é mesmo que Ele nos aperte contra o seu Coração :)

De Bruxa Mimi a 16.06.2014 às 17:11

Gostei imenso das fotografias, em especial a do super-pai! :-)

P.S. - Também gostei do texto e da mensagem que passa!

De Teresa Power a 16.06.2014 às 19:11

O Niall é mesmo um super-pai :)

De carla a 16.06.2014 às 19:20

E tu uma super mae....

De Cláudia Duarte Sousa a 17.06.2014 às 00:52

Eu sou amiga do pano:) obrigada pelo emprestimo . A MH bebe gosta muito, ela realmente acalma imenso e consegue-se fazer tudo em casa, ate a menina do meio já experimentou e gostou... De facto qdo andamos junto do coração do nosso Deus, tudo se torna Mais fácil.. era difícil para mim cuidar de 3 e Deus pos a Teresa e a sua família na minha vida e n só me ajudaram com o \"pano\" como me reaproximaram do Pai e cada vez mais ouço o bater do Seu coração. Obrigada pelo testemunho e q Deus continue a iluminar-vos. Até breve!

De Cláudia Duarte Sousa a 17.06.2014 às 00:59

Ah já comecei nas aulas de viola online... vamos ver se consigo! O cantinho de oração esta cada vez mais personalizado.. mas falta lhe o cor de rosa diz a+ velha. Ela já orienta oração e tudo.. magnífico ver como as criancas decoram + rápido q nos... temos músicas novas elas adoram a hora de rezar :)

De Olívia a 17.06.2014 às 09:48

Olá Cláudia, lá em casa muitas vezes também cabe às filhas a orientação da oração... ontem estive todo o dia doente, pedi-lhes que não gritassem uma com a outra e fui deitar-me porque não conseguia estar de pé (estas viroses malucas!!!), passado pouco tempo estavam no quarto da mais velha a "fazer trabalhos" para o canto de oração (cartazes) e a cantar Ave Ave Maria intercalando o cântico com as orações da N. Sra Auxiliadora, Anjo da Guarda etc...

Só consegui ler o post de tarde e pensei que era maravilhoso nestes momentos em que não estamos bem «deixarmos que Ele nos aperte contra o seu Coração»

De Catarina Duarte a 09.09.2014 às 23:27

Cheguei ontem ao vosso blog e tenho-o lido com a calma possível de quem quer 'ler tudo' :)

sinto-me especialmente tocada por este post, pois eu mesma tenho um filho pequeno constantemente ao peito, tb num pano e nunca, nunca tive a capacidade de me transpor para o colo da nossa Mãe..

Obrigado.

De Teresa Power a 10.09.2014 às 07:34

Bem vinda, Catarina! Deus só precisa que Lhe abramos o coração, e Ele faz o resto! Um abraço muito amigo, Teresa

Comentar post




subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D