Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O nosso Canto de Oração quaresmal

por Teresa Power, em 04.03.14

Almoço de domingo. No meio da algazarra geral, e depois de várias tentativas, consigo formular uma frase inteira sem ser interrompida:

- Meninos, a quaresma está aí e é preciso preparar muita coisa.

- Os sacrifícios?

- Sim, David, os sacrifícios que vamos fazer para acompanhar Jesus no seu grande sacrifício por nós.

- E o Canto de Oração? Vai ficar como, desta vez?

- Precisamos de ideias, Clarinha.

- Bem, primeiro precisamos de um tema.

- Sim, Francisco, este mês sugeri às Famílias de Caná o tema do deserto, a travessia do deserto, como cenário da nossa quaresma.

- Os quarenta anos de Moisés no deserto?

- Sim, Clarinha.

- Então podemos colocar o pano amarelo na parede! O deserto é amarelo!

- Òtima ideia! E como o vamos decorar?

- Com as flores que vamos dando a Jesus, não é?

- Sim, Lúcia. E tu, António, vais dar flores a Jesus?

- Vou fazer coisas muito boas. Já tenho quatro anos!

- Pois já. Então despachem-se a comer para começarmos a trabalhar!

 

O pano amarelo foi passado a ferro e colocado na parede. Depois, a Clarinha e eu procurámos na Bíblia um texto bonito sobre o deserto. E encontrámos em Isaías um capítulo lindíssimo, o capítulo 35. Nele, Isaías fala dos acontecimentos maravilhosos que irão acompanhar a vinda do Messias: o deserto cobrir-se-á de flores, a água jorrará da terra seca, e Deus abrirá um caminho sagrado, por onde Ele próprio passará, acompanhado de todos os justos...

- Um caminho sagrado? Que caminho é esse?

- Acho que é a Via Sacra, Clarinha. Vê lá tu: quinhentos anos antes de Jesus nascer, Isaías viu o caminho que nos trouxe a felicidade: o caminho da cruz!

- Então vamos fazer esse caminho no nosso pano! Temos aí uma fita vermelha, cor de sangue...

- Claro! O caminho que Jesus nos abriu é um caminho de sangue... O Caminho da Cruz atravessa os nossos desertos interiores e conduz-nos à Vida. Vai ficar lindo!

 

Do capítulo 35 de Isaías, escolhemos dois versículos:

"Que o deserto se cubra de flores!" (Is 35, 1)

"Deus abrirá um caminho. Chamar-se-á Via Sagrada!" (Is 35, 8)

 

Depois, a Clarinha escreveu-os em letras grandes, recortámos o texto e colámo-lo sobre o pano amarelo.

Pendurámos uma fita vermelha atravessando o pano, como sugerido pela Clarinha. E nesse caminho marcámos as principais "paragens": os mistérios dolorosos do Rosário, que são um resumo da Via Sacra.

 

Finalmente, cada membro da família teve de desenhar o contorno da sua pegada numa folha de papel. Queríamos poder colar as nossas pegadas às pegadas de Jesus, caminhando com a cruz pela Via Sacra!

 

 Ai as cócegas!

 

 A Sara estendeu o pé com decisão. O que os irmãos fazem, ela também quer fazer, pois então!

 

 No pano, cada um de nós colou a sua pegada. Ao longo da quaresma, iremos aprender a caminhar nesta Via Sacra...

 

 

 

 

 

 

Depois precisámos de desenhar e recortar muitas, muitas flores, que serão lançadas no "deserto" de cada vez que conseguirmos fazer algo de belo para o Senhor, segundo uma expressão aprendida com a Madre Teresa de Calcutá ("Something beautiful for God"). Com papel de lustro e um molde desenhado em cartão, a Clarinha e eu trabalhámos afincadamente. O Francisco tinha saído para fazer ilusionismo numa festa de anos, fugindo assim à parte mais aborrecida da construção do nosso Canto de Oração!

 

Tudo pronto. Chamamos o pai, que de galochas e gabardine, trata do jardim. Ele sorri. Trabalho aprovado! Agora é preciso viver o que construímos, cobrindo de flores o deserto da vida e caminhando nas pegadas ensanguentadas do nosso Salvador, com fidelidade e persistência. Ámen!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:42


5 comentários

De Helena LE Blanc a 04.03.2014 às 18:50

Ficou muito bonito! Muito obrigada pela Vossa partilha!

De Patty a 10.03.2014 às 22:03

Estou profundamente comovida com a honestidade da vossa vivência. E com o sorriso feliz dos vossos filhos! Obrigada... :)

De Teresa Power a 11.03.2014 às 15:20

Obrigada Patty! De facto, tentamos ser o mais honestos possível na nossa partilha... Conhecer e amar Jesus é a maior riqueza da nossa família e a fonte da nossa felicidade. Só queremos contagiar os outros um bocadinho também, e deixar-nos contagiar, sempre e cada vez mais, por quem vive o ideal cristão melhor que nós! Beijinhos! Teresa

De Xhonane a 12.04.2014 às 19:19

This is sooooooo beautiful Teresa!!! I love your idea of drawing the feet of the children !!! Thank you so much for sharing it with me!! I will share it in Familia Catolica !!!
Have a blessed Holy Week !!!
in Jesus!

X

De Anónimo a 01.05.2014 às 20:56

Teresa
No próximo domingo, as nossas crianças da catequese vão entregar à Nossa Senhora um quadro com os seus cantinhos de oração. Foi um dos nossos objetivos neste ano de evangelização. Estamos muito felizes. Através das crianças as famílias ficaram sensibilizadas para criarem o seu cantinho de adoração.
Um bem haja por tudo o que nos ensina.
São

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds


livros escritos pela mãe

Os Mistérios da Fé
NOVO - Volume III

Volumes I e II



Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D